Rick Lins “Ângulo Morto”

Na sua prática artística, Rick Lins desenvolve projectos que deambulam entre a performance e a escultura. Na maioria dos casos usa a inclusão do público para a criação de um espaço social que possa estimular certos comportamentos e padrões ritualistas e novas experiências colectivas.
Esteticamente os seus trabalhos desenvolvem-se de uma forma progressiva. Nem sempre são dados como acabados. Trabalham com uma durabilidade que por vezes ultrapassa o tempo de vida do artista ou do seu público.
Gestos, palavras, acções ou objectos são ferramentas usadas por Rick Lins para criar ambientes isolados, onde procura penetrar e marcar de forma efémera ou permanente o espectador.Rick Lins
Nasceu em 1983, Feldkirch, Aústria.
Vive no Porto desde 2018. Graduou-se na Universidade de Artes Aplicadas de Viena em 2017.
Recentemente apresentou trabalhos na Galeria do Sol (2019), Tart Gallery em Zurique (2017), Engländerbau em Vaduz (2017), Format.strk em Viena (2017), Bregenz Biennale 2016, Künstlerhaus Wien (2015), AfG em Viena (2015) and Kunstraum Niederösterreich em Viena (2015).