Xavier Almeida “Spray Works”

Exposição Individual de Xavier Almeida

Inauguração 27 de Maio

Convidados + Churrasco (grelha aberta)

18h30
1 + 1 + 1 = ∞
David Ole, Dora Vieira, Pedro Centeno, Tomé Tomé

20h
Petiz Fixe nos Discos
Início do Churrasco
– – – – – – – –

Spray Works surgiram primeiramente para resolver um problema: rapidez e identidade na produção dos cartazes das sessões semanais Estrela Decadente (Graça, Lisboa). Isso foi no início de 2016 e até cá foram desenhados mais de 60 cartazes (com dimensões aproximadas do A0). Contudo essa investida rapidamente se ramificou para outras áreas e de repente passou a ser uma das técnicas favoritas de Xavier Almeida, que começou a explorá-la em trabalhos de desenho, de banda desenhada e acção/instalação. O resultado são trabalhos densos e espontâneos; onde o spray passou a ser personagem secundária; existe apenas para um fim, uma imagem. Spray Works.

– – – – – – – –

1 + 1 + 1 = ∞
David Ole, Dora Vieira, Pedro Centeno, Tomé Tomé

Exercício em torno das noções de aleatoriedade, desordem e acaso – para uma mesa de mistura, 4 leitores de vinil e discos, modificados. As particularidades encontradas no sistema escolhido aproximam-nos de um retrato possível onde a organização musical do som é sustentada por um número de objectos e gestos que se regulam pelas leis contidas no próprio suporte proposto sendo-lhe atribuídas diferentes variáveis para essas mesmas leis e objectos escolhidos na procura de uma ordem alternativa de espectro alargado e que é moldada pela surpresa e o acaso.
(Pedro Centeno)

Encerramento 10 de Junho

Encerramento da exposição com performances, concerto, djset e churrasco.
Participações de: João Daniel, Gonçalo Duarte, Pedro Petiz, Sar, Tomé Tomé, Pedro Centeno, Dora, David Ole e Xavier Paes.

Programa
†††††††
20:00
Sar, DJ set
†††††††
22:00
Drag-queen-noise – performance de Tomé Tomé
†††††††
22:15
Concerto Para Latas de Spray, de Xavier Almeida
†††††††
Ensemble Decadente com:
João Daniel – sintetizadores
Gonçalo Duarte – guitarra
Pedro Petiz – guitarra
Sar – baixo
Xavier Almeida – sequenciador/percussão
Tomé Tomé – teclado
Dora – serrote
David Ole – trombone
Xavier Paes – percussão