IRACEMA – Uma Transa Amazônica

Iracema

Este fim-de-semana, dia 23 de Fevereiro pelas 21:30, irá realizar-se na Rua do Sol 172 a exibição do filme brasileiro, IRACEMA – Uma Transa Amazônica de 1974.

Nestes dois dias, iremos ter a oportunidade única de ver este magnífico filme, documento único e crítico da situação no norte do Brasil na década de 70 durante a ditadura militar.

No dia 24 após a visualização do filme(18h00), irá juntar-se, via skype, o realizador Jorge Bodanzky para uma conversa informal sobre o filme.*

* Devido a motivos pessoais a conversa passou para a sessão do dia 24.

SINOPSE:

Uma menina do interior vai a Belém para participar das comemorações do Círio de Nazaré. Levada para a prostituição, ela deseja mudar para o Sudeste. Num cabaré, ela conhece um motorista de caminhão que transporta madeira. Sonhando com a cidade grande, ela pede carona, e os dois partem em viagem pela Rodovia Transamazônica.

Em tensão com a propaganda oficial do governo militar, o filme também documenta diversos aspectos da tragédia social amazônica – queimadas, trabalho escravo e prostituição infantil. Premiado em diversos festivais internacionais, Iracema – Uma Transa Amazônica foi proibido pela censura brasileira. Anos depois, finalmente liberado, foi o grande vencedor do Festival de Brasília de 1981.