Terra Branca – Verónica Calheiros

terra_branca_web

Terra Branca
Exposição individual de Verónica Calheiros

9 a 17 de Junho de 2016
das 14 às 19h

Inauguração: 9 de Junho às 22h
Encerramento: 17 de Junho às 22h

Galeria do Sol
Rua do Duque de Loulé, 202
Porto

Terra Branca

A amplitude de um gesto não se mede por ordem de grandeza.
Coze-se em linhas de lume brando,
chama de sopro leve e certeiro.
Ar quente que é do mundo dos remendos e
das formas irrequietas.
Foge do escuro de não ser o gesto,
o canto do pavão,
do hipopótamo,
do galináceo,
que habitam no Zoo da Terra Branca.
Onde nos contam mil histórias de paraísos virados do avesso.

V.I.
2016

Verónica Calheiros nasceu a 29 de Dezembro de 1991 em Belmonte, Castelo Branco.
Concluiu a licenciatura (2009/2012) e o mestrado (2012/2014) em Artes Plásticas na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha. Actualmente vive e trabalha no Porto, integrando o colectivo Rua do Sol 172.

Exposições Colectivas:

“O que um Livro Pode”, lançamento do Livro “Sala 5” 2011, alunos de 3º ano de Artes Plásticas ESAD.CR, Atelier Real, Lisboa.
“Em Desenho” 2011, Museu Malhoa, Caldas da Rainha . “There are many ways to make a cake” 2011, Silos, Caldas da Rainha .
“A Mulher e a Água” 2012, Museu Hospital Termal, Caldas da Rainha .
“Exposição de Finalistas 2011.2012 Artes Plásticas” 2012, Escola Superior de Artes e Design, Caldas da Rainha .
“Exposição de Artes Plásticas ESAD.CR/ 2012” 2013, Galeria de Exposições Provisórias, Mosteiro de Alcobaça, Alcobaça.
“Teaser” 2014, Mercearia de Artes & Silvestre, Coimbra.
“III Actos em Desenho” 2014 , Antiga Galeria Lagoa Henriques, Lisboa .
“O Timbre da Natureza” 2015, Silos, Caldas da Rainha.

Exposições Individuais:

“As Estórias e a Pintura” 2013, Eletricidade Estética, Caldas da Rainha.
“ Os Hipopótamos têm Cataratas” 2015, Ecomuseu do Zêzere, Belmonte.